skip to Main Content

Como aconteceu essa explosão de paixão pelo Scandinavian crime em nível internacional?

A autora brasileira, naturalizada norueguesa, Zia Stuhaug comenta sobre a explosão no tema de Scandinavian-Crime no mundo

Um gênero bem estabelecido no resto da Europa, particularmente na Alemanha e na França, o Scandinavian Crime — ficção criminal escandinava — tem despertado leitores até mesmo no Reino Unido, considerado desde sempre como detendo a melhor literatura do gênero no mundo e, inclusive, a mais popular. Um país que sempre dominou as vendas mundiais do setor, e com espaço para cerca de 3% de publicação de livros em idioma estrangeiro, incluindo infantis e didáticos, os ingleses abrem espaço para o Scandi Crime, traduzindo escritores suecos, noruegueses e dinamarqueses na lista dos mais vendidos. Isso gerou frases como: “Os escandinavos estão chegando”!
A dupla de suecos Maj Sjöwall e Per Wahloö iniciou a ficção criminal moderna escandinava com a série Martin Beck, nos anos 60 e 70 , mas foi Mankell, com a série Wallander, e o escritor dinamarquês Peter Høeg, com Frøken Smillas fornemmelse  for sne (ou em inglês, Miss Smilla’s Feeling for Snow), que se tornou o primeiro best-seller internacional de fato. O detetive de Henning Mankell, Wallander, transformou-se em uma série de televisão para a BBC, estrelada por Kenneth Branagh, e Miss Smilla’s foi adaptado para o cinema britânico-americano, sendo celebrado no 47º Festival Internacional de Cinema de Berlim e seu diretor Bille August, nomeado para o Urso de Ouro.
A trilogia do suecoStieg Larsson, Millennium, está no topo das listas de best-sellers de ficção criminal do Reino Unido; Boneco de Neve, do norueguês Jo Nesbø estreia no cinema no fim de novembro deste ano. Åsa Larsson, Arnaldur Indridason, Håkan Nesser, Karin Fossum e Yrsa Sigurdardóttir, todos recentemente publicados  em inglês para aclamação crítica e popular. O Scandi crime tem provado que ultrapassou suas fronteiras  e foi recebido num mundo dominado por elites literárias que pouco deixavam espaco para outros mostrarem que poderiam competir também. E conquistar outros povoados já vem de longa data para os nórdicos, a saber seus ancentrais Vikings. Os apaixonados pela ficção policial fora da fronteira escandinava agradecem.

Zia Stuhaug - Todos os Direitos reservados

NEF

Back To Top